Já Assistimos: Boruto - Naruto the Movie (2015)

 



    É um filme feito para passar o legado de Naruto a Boruto, uma história nova mas com elementos já conhecidos pelos fãs, carregada de nostalgia. 



** ANÁLISE COM SPOILERS **


    Peguem a pipoca porque essa provavelmente será uma das resenhas mais longas do site e de bônus ainda tem uma história romântica no final, pois contamos aqui a importância do universo do ninja laranja no relacionamento deste casal que escreve para vocês. 

    Boruto: Naruto The Movie, é um filme lançado em 2015 que se passa anos depois dos eventos mostrados no anime Naruto Shippuden. Uzumaki Naruto nos é apresentado agora como Hokage (o líder da vila e seu maior protetor), marido e pai. Por estar sempre ocupado, o ninja mais querido da Vila Oculta da Folha não tem muito tempo para sua família, o que gera diversos conflitos entre ele e seu filho mais velho, Boruto. Boa parte do enredo do longa é dedicada a mostrar a relação dos dois. 

     Uzumaki Boruto é parte de um time de ninjas junto com Uchiha Sarada e Mitsuki. A pequena Uchiha é filha de Sasuke, o melhor amigo de Naruto e seu eterno rival. Sarada e Boruto traçam um paralelo interessante com seus progenitores: enquanto o menino se espelha no Sasuke e não tem vontade de ser Hokage, Sarada tem o Naruto como inspiração e sonha em ser a líder da vila no futuro. É por querer superar seu pai a todo custo, Boruto pede para que o rival do Hokage torne-se seu sensei (professor). O mesmo aceita, mas com a condição de que o jovem domine o Rasengan, uma das técnicas mais utilizadas por Naruto. Por ser um prodígio e ter facilidade para o aprendizado, o menino não quer "perder tempo" treinando e não entende a importância da dedicação. Ao ver-se numa situação que nunca esteve antes, Boruto passa a fazer uso das armas científicas ninja, que permite ao usuário utilizar qualquer habilidade ninja sem treinamento prévio.

    É curioso ver que o avanço tecnológico faz Naruto pensar que valores como dedicação e esforço são cada vez mais raros entre a nova geração, algo que ele percebe no próprio filho. É muito bacana ver o Sasuke, que antes era egoísta e arrogante, amadurecido e acreditando que a antiga conduta ninja ainda vive (quem acompanha o anime desde o início entende o amadurecimento do personagem). Esse filme dá o melhor desenvolvimento para ele até então (como não achar incrível quando o mesmo diz para Boruto: "você não precisa conhecer o Naruto agora, mas quem ele costumava ser e o que ele fez para chegar até aqui". Passa um filme na cabeça de quem acompanhou toda a história, e entendam que eu nem sou fã do Sasuke).

     Boruto pode ser visto como um personagem contraditório, pois ora deseja não ter um pai e ora deseja profundamentereceber o seu reconhecimento. Por conta disso, ele trapacea no Exame Chunin (é tipo o ENEM ninja) com a arma científica ninja. Porém, é o próprio Naruto que, durante o exame, descobre sua trapaça e o desmascara na frente de todo mundo, confiscando sua bandana ninja (o que é visto como uma desonra).

    As cenas no torneio concedem um sentimento de nostalgia para os fãs, pois podemos ver personagens que acompanhamos no antigo anime agora adultos e com filhos. Ponto positivo para as cenas de luta que contam com animações bem feitas e fluidas (o casal aqui é bem crítico em relação a isso). 

    Os vilões do filme são os personagens Momoshiki e seu servo, Kinshiki, que buscam capturar a besta de nove caudas (a raposinha Kurama) que está selada dentro do corpo de Naruto. Os dois aparecem no meio do Exame Chunin, justamente no momento de discussão entre pai e filho. É nessa cena que melhor podemos ver Naruto no seu papel de Hokage, se sacrificando em prol da vida de todos. Momentos antes de deixar-se ser capturado para evitar mais mortes na vila, ele se vira para o filho e sorri, fazendo Boruto se arrepender de tudo que fez contra o pai (é uma das cenas mais emocionantes do filme, e eu como boa chorona, sofri para segurar as lágrimas). 


    
É com o pai em perigo que ele decide consertar todos os seus erros e ir resgatá-lo com Sasuke e outros ninjas. A batalha final exige muito dos personagens principais, e os Uzumaki precisam cooperar para criar o mais poderoso Rasegan juntos. Nesse momento de reaproximação, somos lembrados de todas as pessoas importantes na caminhada do Naruto desde sua infância até finalmente atingir seu sonho de ser Hokage (novamente mais uma cena que me fez lutar contra as lágrimas, malditos ninjas cortadores de cebola). Acredito ser bem difícil para o fã que acompanhou toda a obra não se emocionar. É esse Rasegan que pai e filho fazem juntos, o vencedor da batalha. Após esse evento a relação dos dois muda totalmente: Naruto passa mais tempo em casa e ganha o respeito do filho, que agora entende as obrigações do pai e passa a ser um ninja mais dedicado e esforçado. 

    Quando Petrus e eu nos conhecemos e começamos a conversar, descobrimos que ambos gostávamos de animes. Eu sou muito fã de One Piece, e ele é muito fã de Naruto. Obras que teoricamente "rivalizam". Antes de namorarmos, fizemos uma aposta na qual cada um assistiria o anime favorito do outro. Confesso que eu não gostava de Naruto até parar para realmente assistir e ele tinha me dito que não tinha muita paciência para assistir One Piece. Foi por conta dessa aposta que fomos nos conhecendo enquanto pessoas e nos descobrindo como casal. A partir de então, começamos a nos falar por chamada de vídeo todo dia para comentarmos nossas impressões sobre os episódios que vimos de cada obra e é um hábito que cultivamos até hoje. Nós assistimos ao filme Boruto - Naruto The Movie pelo celular, no mesmo local onde ele me pediu em namoro (uma pracinha aqui perto de onde moramos). Depois de ter concluído o anime (ele ainda não terminou One Piece), posso dizer que agradeço muito a Petrus por ter me apresentado a esse universo e essa é uma das razões que guardamos essa história com muito carinho, pois foi por conta dela que começamos nossa caminhada juntos. 


Plataforma onde assistimos: Google Filmes


Nota Cinema a Dois: Muito Bom


Confira o trailer:




    Sei que somos suspeitos para falar, mas por aqui o filme foi aprovado pelo casal! E aí, já assistiu a Boruto: Naruto the Movie? Comenta aqui embaixo a sua opinião!

Comentários

Postagens mais visitadas