Já Assistimos: Corra! (2017)

 



    E se passar o fim de semana com a família da sua namorada não for algo apenas desconfortável mas também perigoso e ameaçador?


** ANÁLISE SEM SPOILERS **


    Corra! ou Get Out, no título original, foi lançado em 2017 e é a estreia do diretor Jordan Peele, que também roteiriza o filme. Exibido pela primeira vez no Sundance Film Festival, o longa aborda racismo através do sentimento de um jovem negro de não se sentir pertencente e de não ser bem vindo a um determinado lugar e grupo social e, em contrapartida, utiliza do desejo e inveja dos preconceituosos para termos essa reflexão. 

    Os personagens principais são Chris e Rose, interpretados respectivamente por Daniel Kaluuya e Allison Williams, que se preparam para visitar os pais da moça durante o fim de semana. Como ela dá a entender que não informou aos pais que seu pretendente era um afro-americano, ele está receoso. Inclusive, um amigo de Chris o alerta sobre essa visita, mas como o rapaz está apaixonado, conhecer os pais dela acaba sendo inevitável.

    A partir do momento em que eles chegam no seu destino, a inquietude está sempre presente. Os pais da garota são amigáveis demais e há vários personagens esquisitos pela residência. Nós sabemos que isso não vai terminar bem e o personagem principal também, mas ele continua mentindo para si mesmo sobre o comportamento de todos para não ficar mais tenso. É quando Chris sai a noite para fumar, que as coisas começam a ficar mais estranhas ainda, e você, amigo leitor, vai precisar assistir para saber o que acontece com Chris e qual o problema existente na família da sua namorada. 


    Os primeiros trinta minutos de filme são usados para nos ambientar e nos deixar mais desconfiados. Mas aí entra a questão: estaria Chris apenas exagerando? Peele brinca com o público quando frases comuns são ditas de forma desprentensiosa, mas quando analisamos bem, vemos que elas contém um tom ameaçador por trás. Passamos a nos questionar o motivo dessa família estar tão interessada nele. As pitadas de humor, os sustos, e a inteligência se misturam à paranoia de um cara negro rodeado por brancos. 

    O ato final tem o ritmo certo, e o diretor se prova como um excelente artista visual, demonstrando uma excelente habilidade de misturar horror e ação. Kaluuya e Williams estão muito bem em suas atuações, deixando tudo bem mais convincente. 

    Em Corra! os vilões não usam máscaras ou estão escondidos, pelo contrário, são sorridentes e podem até dizer que votariam no Obama se houvesse um terceiro turno. Aqui, o longa vai além da premissa do medo e do susto ao expor a realidade que pessoas negras enfrentam diariamente. 



Plataforma onde assistimos: Cinema


Nota Cinema a Dois: Bom.


Confira o trailer:





    Por aqui o filme foi aprovado pelo casal! E aí, você já assistiu a Corra! ? Conta aqui embaixo a sua opinião!

Comentários

Postagens mais visitadas