Já Assistimos: 10 Coisas Que Eu Odeio em Você (1999)

 



    Uma regra familiar diz que Bianca Stratford só pode sair com rapazes se sua irmã mais velha também estiver saindo. Para burlar essa condição e conseguir sair com a jovem, Cameron faz uma aposta para tentar juntar um badboy e uma adolescente de temperamento difícil. 


** ANÁLISE COM SPOILERS **


    10 Coisas que Eu Odeio em Você, ou 10 Things I Hate About You no título original, é uma comédia romântica adolescente lançada em 1999, dirigida por Gil Junger. O filme pode ser considerado uma adaptação moderna do livro A Megera Domada, de Shakespeare. Quando decidimos que iríamos assistir um romance, foi impossível para mim não lembrar desse clássico. Por ser fã do gênero, eu já havia assistido anteriormente, mas para Petrus foi a primeira vez e conto aqui todas as nossas opiniões. 

    A ideia do longa não é nenhuma novidade: um cara aceita uma aposta de fazer uma garota sair com ele, eles se apaixonam, ela descobre tudo, ele se arrepende e é perdoado. Há várias produções que se utilizam dessa mesma premissa, boa parte delas nos anos 90, como por exemplo Ela É Demais (que eu também gosto bastante). Mesmo que seja uma fórmula repetida, não significa que o longa é ruim, pelo contrário. 

    Bianca Stratford, personagem de Larisa Oleynik, é uma adolescente popular e totalmente o oposto da sua irmã, Katarina, vivida por Julia Stiles, que não está interessada em namorar. Dois rapazes querem levar Bianca ao baile de formatura. Um é Cameron, interpretado por Joseph Gordon-Levitt, que é meio tímido e fofinho. Já o outro é Joey, um babaca total. 

    O pai das meninas, personagem de Larry Miller, proibiu Bianca de sair com garotos até que sua irmã mais velha também o faça (pois ele sabia que ela não teria interesse). É por isso que Cameron cria um plano que faz com que Joey suborne Patrick Verona, interpretado por Heath Ledger (saudades), para sair com Katarina. E a partir daqui a receita que expliquei antes começa a agir. 

    Pontos muito positivos do filme são as cenas com a diretora assanhada, o pai ultraprotetor das garotas e com o professor de inglês. Todos esses momentos são secundários, mas conseguem arrancar boas risadas de quem assiste. A química do casal Katarina e Patrick funciona bem, e Ledger rouba a cena quando canta "Can't Take My Eyes Off of You", uma parte icônica do qual é obrigatório lembrar quando se fala em 10 Coisas que Eu Odeio em Você. 


    Algo que poderia ser melhor desenvolvido é o final, Petrus e eu tivemos a impressão que acaba de forma abrupta, como se o filme tivesse sido cortado. É tudo bem rápido: ela fica triste, ele se arrepende e pede desculpas, ela perdoa e fim de conversa. Algumas cenas que não eram necessárias poderiam ter ficado de fora e aberto espaço para um final menos corrido.

    Mesmo com algumas ressalvas de roteiro e encerramento, o filme tem o seu título de clássico adolescente justificado. 



Plataforma onde assistimos: Netflix


Nota Cinema a Dois: Bom


Confira o trailer:




    Por aqui o filme foi aprovado pelo casal! E aí, já assistiu a 10 Coisas que Eu Odeio em Você? Conta aqui embaixo a sua opinião!

Comentários

Postagens mais visitadas